Ex-princesa do Catar é encontrada morta

A polícia espanhola encontrou uma ex-princesa do Catar morta em sua cama em casa no sul da Espanha.

A polícia espanhola encontrou uma ex-princesa do Catar de 46 anos morta em sua cama em casa no sul da Espanha, disseram autoridades nesta quarta-feira.

Kasia Gallanio foi encontrada morta no domingo de manhã em seu apartamento em Marbella, província de Málaga, disse um porta-voz da polícia.

A polícia foi até a casa depois de receber uma ligação de uma das filhas de Gallanio na França, que disse que sua mãe não estava retornando as ligações, disse a porta-voz.

A polícia entrou na casa com a ajuda de um zelador do condomínio e encontrou Gallanio na cama, sem sinais de violência, segundo a porta-voz que falou sob condição de anonimato, de acordo com as regras de seu departamento.

Ela disse que Gallanio tinha nacionalidade americana e tinha 46 anos. Uma autópsia deve determinar a causa da morte.

Gallanio era casado com Abdelaziz bin Khalifa Al-Thani, tio de 73 anos do emir do Catar, segundo o jornal francês Le Parisien.

Eles tiveram três filhos e travaram uma longa batalha pela custódia deles. Gallanio acusou seu ex-marido de agressão sexual contra uma das crianças. Ele negou a acusação.

As crianças vivem com o pai em Paris, segundo Le Parisien.

Curtiu? Compartilhe com seus amigos

Essa matéria é livre para reprodução. (desde que coloque a fonte original do autor)

Mais do Brasil de Hoje